Assim Falou Zaratustra (Also Sprach Zaratustra)

Nietzsche, Friedrich Wilhellim (1844-1900)

2005

Editora Rideel

Heloísa da Graça Burati

Assim Falou Zaratustra (Also Sprach Zaratustra)

Livros

O Garoto Que Queria Ser Deus
O Brasil e os Brasileiros
O Pastor Rebelde
Memória de Uma Agenda
As Raízes de Deus
Dom Juan Por Acaso

Informações do livro

                                                               ASSIM FALOU ZARATUSTRA

 

Friedrich Wilhelm Nietzsche (l844-1900)

Tradução : Heloísa da Graça Burati

Editora Rideel, 1a. edição (2005)

 

Síntese e comentários de Assis Utsch

  

Apresentação

 

   "Mesmo considerado até hoje o filósofo do niilismo por negar os valores estabelecidos e criticar a moral cristã vigente, Friedrich Nietzsche não poderia se livrar de sua formação protestante. Filho e neto de pastores protestantes, Nietzsche transporta para esta que é considerada sua obra-prima o estilo simbólico e cheio de parábolas da linguagem cristã – freqüentemente uma sátira ao Novo Testamento.

            E também se vale de um líder religioso antigo – Zaratustra [Zoroastro], o fundador do Zoroastrismo, antiga religião da Pérsia – para contrapor seu ideal de super-homem à imagem servil e doce do homem cristão. Assim Falou Zaratustra, portanto, é o Evangelho dos Fortes e ali estão todos os elementos presentes em toda a obra nietzscheana: a morte de Deus, o super-homem, o ceticismo, a transvaloração dos valores vigentes, o eterno retorno".

Os Conceitos Fundamentais de Nietzsche

 

os valores;

o Zaratustra;

o super-homem;

o último-homem;

o sentido da terra;

o niilismo;

a morte de Deus;

o bem e o mal;

       o eterno retorno.

Repugna a Nietzsche a servidão, a submissão, a resignação, a capitulação, a mansidão, o moralismo, o virtuosismo, o pietismo, a culpa, o medo, a santidade, a humildade; ele rejeita a ideologia do último-homem ou do escravo, que é, segundo ele e muitos outros, a ideologia cristã, forjada que foi, entre a população submissa e escrava.

      E em lugar dessa ele propõe o Evangelho dos Fortes, a ideologia da coragem, do guerreiro, da altivez, da irreverência, da valentia, da rebeldia, da afirmação, do Super-homem, do Sentido da Terra.

      O segundo parágrafo do livro já denuncia a altivez do personagem Zaratustra quando ele se dirige ao sol:

“Ó grande astro! Que seria da sua felicidade se você faltasse àquele a quem ilumina?”

Livros

Carta a Uma Nação Cristã
Deus Não É GRANDE
Tratado de Ateologia
Deus, um Delírio
Por Que Não Sou Cristão
Aprender a Viver
O Espírito do Ateísmo
Por Que as Pessoas Acreditam em Coisas Estranhas
O Príncipe
Assim Falou Zaratustra (Also Sprach Zaratustra)

Livros

A Arte da Política
Do Big Bang ao Universo Eterno
Manual do Perfeito Idiota Latino-americano
O Que Muda Com o Novo Acordo Ortográfico
DNA - O Segredo da Vida
A Riqueza e a Pobreza das Nações
Raízes do Brasil